É disto que preciso

O tempo nem sempre cura tudo
Sair correndo, sem que ninguém me detenha, fugir do mundo por umas horas, ou da vida inteira se faz falta. Chorar tranquilamente sem que ninguém me fale, sentir que estou só no planeta... Poder invejar o mundo, deixar a mente em branco, sonhar com um lugar perfeito, imaginando, um lugar melhor, em que tudo é feito de várias cores, sem existir o cinzento e, muito menos o preto... Um lugar onde o paraíso é o teu sorriso. Que não existisse a dor nem a solidão... Sair de festa em festa, ser eu mesma, sem importar-me com mais nada, sem ser com a minha própria felicidade.

2 comentários:

  1. era bom, tão bom, que não existessem sofrimentos - sermos nós mesmos, de maneira limpa! Nem sempre pode ser assim, o que é uma pena. O [teu] texto que li, vá, pelas 06h45m da manhã, fez-me pensar imenso na [minha] tarde de ontem. Posso-te dizer que a frase de "Um lugar onde o paraíso é o teu sorriso", tocou-me bastante, mesmo :)

  1. Joana Oliveira disse...:

    ois, descobri o teu blogue, através do diogo XD ;)
    gostei muito dele, e estou já a seguir. :)

Postar um comentário