Não há

"Designei-te por humilde quando por aqui apareci e soube que nao revelavas as tuas maiores obras de arte nem mencionavas para aquilo que trabalhavas"
No mundo há gente bruta e astuta, há virgens e prostitutas, ricos, pobres, classe média, coisas bonitas e um par de tragédias. Há muitos animais com muita gente, há pessoas sãs e loucos da mente. No mundo há mentiras, falsidades, feitos, verdades, coincidências, derrotas e fracassos acidentais. Há inocentes, há homicidas, há muitas bocas e pouca comida. Há gente que pensa no que diz, há gente que se contradiz. Há golos amargos e guloseimas, há doenças e medicinas, há bolsos cheios, carteiras vazias, há mais ladrões que polícias. Há sexo na casa de banho, sexo na cama, sexo sem roupa e sexo em pijama. Há chamadas que ninguém atende, há muitas perguntas e metade ninguém entende. Há gente que nasce, gente que morre, há gente que odeia e gente que quer. No mundo há muita gente, mas ... não há ninguém como tu.

10 comentários:

  1. jorgedalte disse...:

    Cáve-me a mim a honra de ser o primeiro a comentar.

    Um post muito intenso como um grito que morre na tua verdade.

    gostei muito!

    beijinhos

  1. jorgedalte disse...:

    Cabe-me a mim a honra de ser o primeiro a comentar.

    Um post muito intenso como um grito que morre na tua verdade.

    gostei muito!

    beijinhos

  1. ana moura disse...:

    OBRIGADA MINHA LINDA!
    adorei o texto, completamente! ***

  1. hayley bellamy disse...:

    mete aqui uma foto, querida, quero velos!

  1. Anônimo disse...:

    bravo meu amor continua a explorar a tua alma e mente que tenho a certeza que ainda ha muito para desabruchar!!!!!!!beijinhos amo te muito!

  1. INÊS FERREIRA. disse...:

    gosto muito do teu blog :), vou seguir*

  1. Anônimo disse...:

    Um dia damos a volta ao mundo.. :)

  1. Verónica disse...:

    Desculpa a invasão, mas gostei bastante.
    beijinhos

Postar um comentário