Apenas tu



Ninguém como tu para fazer-me rir. Ninguém como tu sabe tanto de mim. Ninguém como tu é capaz de dividir as minhas penas, a minha tristeza, a minha vontade de viver. Tens esse dom de dar tranquilidade, de saber escutar, de envolver-me em paz. Tens a virtude de fazer-me esquecer o medo que me dá de olhar para a escuridão. Somente tu podes entender e somente tu poderás acreditar.

8 comentários:

  1. Lєтıs '' disse...:

    . o problema é esse ... não vai ver !

  1. sara disse...:

    mt obrigada, tbm gostei do teu blog, já estou a seguir (:

  1. Lєтıs '' disse...:

    . ainda bem que gostaste (: acompanhas a história ?

  1. ana moura disse...:

    ohh gostei muito!

  1. Obrigada ;) Amanhã Part II.

  1. isa disse...:

    olá :)
    convido-a a visitar o meu blog de bijuteria/artesanato:

    www.atelierizzy.blogspot.com
    obrigada

  1. algo bonito o que está escrito :)
    espero que o comentario nao seja assim lá muito grande, porque, bom, vou ter de explanar algumas coisas
    Apesar daqueles textos serem arte, e algumas das coisas, não as sentir, claro que deixo lá muito de mim. Como escrevi, estou a compor os textos, enquanto oiço musicas de um certo album. A música nr 5 do álbum, com um nome algo complicado de escrever... "Armagoddam-Motherfucking-Geddon" [sim, é mesmo estranha] é algo mais "violento". O texto também saiu um pouco mais violento, e como ando a atravessar uma fase de separação algo complicada, tomo as coisas demasiado a peito, e "destruo" memórias minhas. É algo um pouco complexo de explicar, e prefiro que seja sentido.
    Agora em relação ao teu texto, é um tributo a alguem, nota-se. Pessoalmente adorei a frase: "Tens a virtude de fazer-me esquecer o medo que me dá de olhar para a escuridão". Tocou-me profundamente ;)

    bom, o post está mesmo deveras grande, desculpa este tamanho todo.
    Um beijinho**

  1. Lєтıs '' disse...:

    . já está mesmo quase a terminar +.+ mas já estou a pensar noutra ;b

Postar um comentário